O que é preciso para se tornar um coreógrafo? Como se aprende a dar forma às ideias através do movimento e da música? A nossa oficina está dividida em três partes: dança, projeto coreográfico e apresentação final. Com esse percurso, os alunos terão uma experiência completa de coreografia, sob a orientação de um docente experiente e conhecido internacionalmente.
O coreógrafo tem o poder e a liberdade de representar, através do movimento, a forma e a música, ideias que, assim, podem se tornar obras de arte.

Mas o que é necessário para se tornar um coreógrafo? Antes de mais nada, o aluno que queira empreender esse percurso deve desenvolver uma base técnica consistente e ampliar o seu conhecimento dos vários estilos de dança. Em seguida, deve adquirir e aperfeiçoar as próprias habilidades básicas em vários outros âmbitos criativos. Aplicado à dança, este processo prevê a análise do gesto, a avaliação emocional do estado de espírito, o desenvolvimento da faculdade de abstração e a busca da beleza nas suas formas mais sutis. Ao mesmo tempo, o coreógrafo deve aprender a conhecer os princípios dinâmicos do espaço, do tempo e da energia, e como o corpo se relaciona com esses conceitos.

O curso está dividido em três partes:
1. Estudos de dança
2. Projetos coreográficos: Music Impulse! (breve coreografia inspirada em uma peça musical); Made in Florence! (coreografia mais elaborada, inspirada em um lugar ou monumento de Florença)
3. The Ballet Project! (resultado final da oficina, fruto dos estudos sobre o movimento, de trabalho em sala de aula, do trabalho individual e da capacidade de improvisação).
Compêndios: The Art of Making Dances, Doris Humphrey - A Primer for Choreographers, Lois Elfeldt

Professor: Brunella Baldi

Para mais informações, por favor escreva para: infodanza@aefirenze.it

 


  • Danza 1
  • Danza 2
  • Danza 3

FLORENCE DANCE FESTIVAL

O Florence Dance Festival é um evento de excepcional importância para a dança internacional há 25 anos. O programa do festival tem acontecido nos lugares mais belos da cidade: o Parque delle Cascine, o Teatro Romano de Fiesole, a Praça SS. Annunziata, o Jardim de Boboli, a Galeria dos Ofícios, o Piazzale Michelangelo, o Forte de Belvedere, para citar somente alguns. Grandes nomes da dança participaram do festival nas suas várias edições: Merce Cunnigham, Maurice Béjart, Antonio Gades, José Limon, Carolyn Carlson, Trisha brown, Igor Mossiev, Cristina Hoyos, David Parsons, Stephen Petronio, Boris Eiffman, Pasquale Rioult, Alessandra Ferri, Julio Bocca, Isabelle Gueren, Laurance Hillaire, Marga Nativo, Carla Fracci e as companhias de dança mais importantes do mundo. Desde 2009, o Festival acontece no Museo Nazionale del Bargello: o privilégio de poder usufruir de um pátio magnífico para as apresentações é uma oportunidade incrível para os estudantes da Academia Europeia de Florença. Os alunos dos cursos de verão são sistematicamente envolvidos nas produções e na experiência inesquecível de realizar uma apresentação num lugar único.

NOTE! This site uses cookies and similar technologies.

If you not change browser settings, you agree to it. Learn more

I understand