Scuola internazionale delle Arti e della Cultura italiana

AEF Accademia Europea Firenze

MASSIMOMASSIMO
DE MATTEIS

Depois de uma longa permanência no Brasil, onde ocupou cargos importantes no campo das relações com entidades públicas e particulares, italianas e estrangeiras, em 2002 Massimo voltou à Itália, para participar do projeto de fundação da Academia Europeia de Florença.

O seu empenho para a difusão da cultura italiana no exterior sempre foi muito grande: em 1999, participou, no Rio de Janeiro, do encontro continental do Conselho Geral dos Italianos no Exterior (CGIE), como especialista nas questões relativas à Juventude, Informação e Língua Italiana. Em 2000, tomou parte na Pré-conferência dos Italianos no Mundo, que ocorreu em Montevidéu, e no sucessivo Congresso organizado em Roma.

Além disso, contribuiu com o nascimento do Instituto de Cultura Italiana de Fortaleza e com a realização de publicaçõe e exposições em parceria com o Ministério das Relações Exteriores italiano. Em 2002, data do seu retorno à Itália, Massimo começa a colaborar com Edy e Gustavo na criação da Academia Europeia de Florença. Atualmente, tem o papel de Diretor Administrativo e Financeiro.

Quando fizer planos para um ano, semeie trigo. Se fizer planos para uma década, plante árvores. Se fizer planos para uma vida, forme e eduque as pessoas.

NOTE! This site uses cookies and similar technologies.

If you not change browser settings, you agree to it. Learn more

I understand